5 armadilhas que atrapalham a evolução na carreira – e como lidar com elas

Publicado em Categoria(s) Alta performance, Carreira, Tendências
Como lidar com as armadilhas da carreira

Manter a trajetória da sua carreira em ascensão pode ser extremamente desafiador. Afinal, nem sempre as coisas acontecem como você deseja…

Balancear vida profissional e pessoal, entender a hora certa de lutar por uma promoção, saber o que estudar para se destacar, aprender a lidar com pessoas e situações difíceis, fortalecer sua imagem como profissional… Esses são apenas alguns dos desafios que podem prejudicar o desenvolvimento da sua carreira em algum momento.

Isso sem falar daquelas situações em que é impossível identificar quais são os obstáculos que o fazem ficar parado no meio do caminho ou até mesmo regredir!

Você já passou por isso ou conhece algum profissional que esteja nessa situação?

Esse cenário é mais comum do que você pode imaginar!

De acordo com Carter Cast, pesquisador na área de gestão e autor do livro The Right — and Wrong — Stuff: How Brilliant Careers Are Made and Unmade*, existem cinco grande armadilhas que prejudicam a evolução de uma carreira. Saiba quais são e aprenda a identificar e a lidar com esses desafios!

*Em tradução livre, As coisas certas — e as erradas: Como carreiras brilhantes são feitas e desfeitas (ainda sem edição no Brasil).

5 armadilhas que prejudicam a ascensão da sua carreira

Muitas vezes, talento, sozinho, não é suficiente para fazer você dar o próximo passo e chegar a um cargo de alta liderança ou àquela posição que você e todos à sua volta esperavam que você conquistasse.

Cast, que é professor de inovação e empreendedorismo na Kellogg School of Management, salienta que existem várias razões que fogem de nosso controle e que contribuem para que nossa carreira não evolua. Questões como racismo, sexismo e outros tipos de preconceito ainda têm uma influência forte em muitos ambientes de trabalho. No entanto, de acordo com as pesquisas realizadas pelo especialista, alguns aspectos de nossa atitude podem ser uma grande pedra no nosso próprio caminho. São eles:

1 – Problemas de relacionamento

Essa é uma das principais armadilhas identificadas no estudo e, segundo Cast, está intimamente relacionada à forma como as pessoas agem em situações de alto estresse.

De acordo com o pesquisador, muitos profissionais ficam mais violentos quando estão sob pressão. Há, também, os que se fecham totalmente nessas situações. De uma forma ou de outra, isso prejudica diretamente o relacionamento com as pessoas à sua volta, o que pode gerar consequências negativas para a carreira no longo prazo. Além disso, há profissionais que são ambiciosos além da conta e acabam arruinando relacionamentos com colegas de trabalho por conta disso, o que é igualmente prejudicial.

2 – “Bom jogador, mau treinador”

Uma promoção feita quando você não está pronto para ela é outra situação que pode prejudicar sua carreira. “Você é muito bom em fazer algo e a empresa o promove por conta disso. Mas, em vez de gerenciar a equipe, você continua fazendo o que sabe fazer. Como resultado, o time se sente desmotivado, porque você não está os orientando, está apenas dizendo o que eles devem fazer, copiando o jeito que você faz”, explica o professor.

Não é difícil visualizar isso acontecendo na área comercial, certo? Muitos vendedores são promovidos porque são bons em vender, mas não estão preparados para gerenciar. Assim, a equipe fica sem liderança e o profissional que recebeu a promoção sente-se cada vez mais pressionado por resultados.

3 – Deixar de aprender e evoluir

Muitos profissionais caem na armadilha de, como Cast diz, “ficar travado na sua Versão 1.0”. Ou seja, eles param de evoluir. No mercado atual, em que as mudanças acontecem de maneira cada vez mais rápida, esse pode ser um obstáculo fatal para sua carreira. E será ainda pior no futuro!

Além de não evoluir em relação às questões externas, como mercado e tecnologias, muitos profissionais não se adaptam às transformações internas, tais como mudança de chefe ou de processos – o que também pode ser ruim para o seu desenvolvimento profissional.

Falta de priorização

4 – Ausência de pensamento estratégico

Você é extremamente eficiente no que faz, consegue executar as tarefas como ninguém e, mesmo assim, sente que não consegue evoluir em sua carreira? O problema pode ser a falta de uma visão estratégica sobre o negócio!

Mais do que entender sobre o que você executa, é importante ter um entendimento maior sobre como você contribuiu para os resultados e conhecer os processos como um todo na organização. Essa perspectiva estratégica é fundamental para cargos de liderança – se você quer chegar lá, precisa trabalhar essa questão.

5 – Falta de priorização

Na ânsia de conseguir dar o próximo passo na carreira, mostrar serviço e ajudar a empresa, muitos profissionais acabam dizendo “sim” mais vezes do que deveriam. Eles se comprometem com mais do que podem atender, não conseguem organizar as tarefas e têm dificuldade de priorizar o que é importante.

O resultado é que não são capazes entregar o que deveriam e também não conseguem cumprir todas as promessas extras que fizeram. “Como William Ury recomenda em seu livro O poder do Não positivo, é importante lembrar para o que você está dizendo ‘sim’, quando diz ‘não’. Quando eu digo ‘não’ para uma reunião à noite, por exemplo, estou dizendo ‘sim’ para o jantar com minha família”, comenta Cast.

Como lidar com as armadilhas

Segundo o pesquisador, para identificar e lidar com essas armadilhas, é importante:

1) Ser receptivo às críticas.

Peça para as pessoas apontarem questões no seu comportamento que elas acreditem que são prejudiciais à sua carreira. Aceite essas críticas e avalie-as com cuidado, para identificar as atitudes mais citadas – elas indicam seus principais problemas.

2) Ter disciplina para agir.

Depois de identificar os comportamentos que estão travando sua evolução profissional, pense em maneiras de corrigir isso e torne essa correção um hábito. Entenda também quais são as situações que geralmente engatilham essa sua atitude negativa.

3) Pedir ajuda.

O caminho da sua evolução não precisa ser solitário. Peça ajuda para colegas, familiares ou coaches – seja para ajudar a identificar seus principais desafios ou para auxiliar na correção desses comportamentos.

Como lidar com as armadilhas da carreira

Uma armadilha extra

Além das cinco armadilhas citadas anteriormente, que estão mais direcionados à sua própria atitude, Cast ressalta que há outro problema que pode ser a causa de a sua carreira não ir para frente: você está no emprego ou cargo errado!

O professor lembra que em todo trabalho há tarefas mais prazerosas e outras menos empolgantes, mas quando você não consegue ter alegria em praticamente nenhuma parte do seu trabalho, é bem provável que o problema esteja no fato de que você está na posição errada (ou no mercado errado). E por isso não consegue evoluir na carreira!

Nesse sentido, ele explica que é importante saber o que o motiva e o que não está alinhado ao seu perfil. Para identificar o caminho que você deveria seguir, o professor o aconselha a listar as partes do seu dia a dia profissional que são prazerosas e aquelas que causam desconforto. Com isso, ficará mais fácil iniciar uma jornada de crescimento.

Conseguiu identificar alguma armadilha na qual sua carreira pode estar presa? O que achou das dicas do especialista? Deixe um comentário com sua opinião e dúvidas sobre esse tema. Seu depoimento enriquece o debate!

Para ler mais (em inglês) sobre a pesquisa de Carter Cast, clique aqui.

Leia também

Como será o futuro da área comercial?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *